terça-feira, agosto 14, 2007

Sucessos de 1978

1859 1866 1880 1901 1902 1903 1904 1905 1906 1907 1908 1909 1910 1911 1912 1913 1914 1915 1916 1917 1918 1919 1920 1921 1922 1923 1924 1925 1926 1927 1928 1929 1930 1931 1932 1933 1934 1935 1936 1937 1938 1939 1940 1941 1942 1943 1944 1945 1946 1947 1948 1949 1950 1951 1952 1953 1954 1955 1956 1957 1958 1959 1960 1961 1962 1963 1964 1965 1966 1967 1968 1969 1970 1971 1972 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979 1980 1981 1982 1983 1984 1985

1978
Morre no Rio de Janeiro o cantor Orlando Silva - 7/8/1978.

A noite vai chegar
A primeira vez
Ai que vontade
Amor perfeito
Aprenda a amar
Assobiar e chupar cana
Bandeira do Divino
Café da manhã
Cálice
Dancin’ Days
Ela não vai gostar de mim
Eu pecador
Folhetim
Força estranha
Gosto de maçã
Guerreira
Homenagem ao malandro
João e Maria
Lady Laura
Mais uma vez
Maria, Maria
Meu primeiro amor
Mundo bom
Não existe pecado ao sul do equador
O amor não é brinquedo
O meu amor
Os amantes
Outra vez
Perigosa
Proposta amorosa
Que pena
Quem dá mais
Querelas do Brasil
Sampa
Sandra Rosa Madalena
Sossego
Sufoco
Teresinha
Terra
Todo menino é um rei
Trocando em miúdos
Paulinho Camargo
Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Beto Sem Braço e Dão
Vicente Dias
Valter D’Ávila Filho e Cláudia Telles
Benito Di Paula
Ivan Lins e Vítor Martins
Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Chico Buarque e Gilberto Gil
Nelson Mota e Rubens Queiroz
Toninho Nascimento e Romildo
Agnaldo Timóteo
Chico Buarque
Caetano Veloso
Wando
João Nogueira e Paulo César Pinheiro
Chico Buarque
Sivuca e Chico Buarque
Roberto Carlos e Erasmo Carlos
M. Rocha, Renato Correia e Paulo S. Valle
Milton Nascimento e Fernando Brant
José Augusto, Miguel e Paulo Coelho
Agepê e Canário
Chico Buarque e Rui Guerra
Martinho da Vila e Candeia
Chico Buarque
Sidney Conceição, Lourenço e A. César
Isolda
Rita Lee, R, de Carvalho e Nelson Mota
Monarco
Peninha e Roberto Livi
Beto Suryan
Maurício Tapajós e Aldir Blanc
Caetano Veloso
Roberto Livi e Miguel Cidras
Tim Maia
Chico da Silva e Antônio José
Chico Buarque
Caetano Veloso
Nelson Rufino e Zé Luís
Chico Buarque e Francis Hime

Músicas estrangeiras de sucesso no Brasil

Automatic Lover (Gary Unwin e Patty Unwin)
Boogie Oogie Oogie (Johnson e P. Kibble)
The Closer I Get to You (Reggie Lucas e James Mtume)
Dance a Little Bit Closer (Vince Montana Junior)
Don’t Let Me Be Misunderstood (Bennie Benjamin, Sol Marcus e Gloria Caldwel)
Easy (Lionel Richie)
Emotion (Barry Gibb e Robin Gibb)
Float On (Arnold Ingram, James Mitchell Junior e Marvin Willis)
Get 0ff (Carlos Driggs e Ishmael Ledesma)
How Deep Is Your Love (Barry Gibb, Robin Gibb e Maurice Gibb)
It’s a Heartache (Ronnie Scott e Steve Wolfe)
Macho Man (Jacques Muralis, Henri Belold, Victor Willis e Peter Whitehead)
Night Fever (Barry Gibb, Robin Gibb e Maurice Gibb)
No Woman No Cry (Não Chore Mais) (Vincent Ford)
Rivers of Babylon (F. Farian, G. Reyam, B. Dowe e F. McNaughton)
Stayin’ Alive (Barry Gibb, Robin Gibb e Maurice Gibb)
Three Times (Lionei Richie)
We Are the Champions (Freddie Mercury)
We’re All Alone (William Scaggs)
Wuthering Heights (Kate Bush)

Cronologia

03.02: Morre em desastre de automóvel no Rio de Janeiro o cantor Alcides Gerardi.

25.06: A Argentina ganha em Buenos Aires o XI Campeonato Mundial de Futebol, vencendo na final a Holanda por 3 a 1.

08.07: Incêndio destrói cerca de 90% do acervo do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

25.07: Nasce em Lancashire (Inglaterra) Louise Joy Brown, o primeiro bebê de proveta.

07.08: Morre no Rio de Janeiro (RJ) o cantor Orlando Silva.

09.10: Morre na França o compositor/cantor Jacques Brel.

13.10: O presidente Ernesto Geisel revoga o Ato Institucional n° 5 (AI 5)

15.10: O Congresso Nacional elege o general João Batista Figueiredo presidente da República.

22.10: O cardeal polonês Karol Wojtyla é eleito Papa, adotando o nome de João Paulo II. Ele é o primeiro Papa não italiano em mais de 400 anos.

01.11: É regulamentada a lei de anistia brasileira.

16.11: Morre no Rio de Janeiro (RJ) o compositor Candeia (Antônio Candeia Filho).

26.12: Inicia-se o primeiro rali Paris-Dacar, a maior e mais perigosa prova esportiva mundial.

29.12: O presidente Ernesto Geisel revoga o instituto do banimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário