quinta-feira, janeiro 20, 2011

Ai, que vontade

Língua de Trapo

Ai, que vontade (1994)- Laert Sarrumor

Ai, que vontade!
Que vontade que dá, que dá, que dá
Eu já fico tenso, quanto mais eu penso
Só pensar em pensar

Eu quero funhenhá, oi
Eu quero furunfá, ai
Quero dá um picote, funga no cangote
Eu quero me esbalda
Quero dá uma binbada, oi
Um tapa na marvada, ai
Quero faze fuc-fuc, bota o palhaço pra descabela

Refrão

Quero afoga o ganso, oi
Gasalha o croquete, ai
Espoca a cilibina, esfola a perseguida
Fica maluquete
Eu quero dá um pico, oi
Sem nenhum compromisso, ai
E molha o biscoito, fica bem afoito
Sustenta o meu vício

Refrão

Quero esconde a cobra, oi
Come carne mijada, ai
Prova do bacalhau, oi
Quero amola o ferro, ai
Afia o canivete, oi
Balança a roseira, ai
Quero trocá o óio, oi
E queima a palhinha
Ai, que vontade
Que vontade que dá!