sexta-feira, dezembro 24, 2010

Não é sempre

Engenheiros do Hawaii


Tom: D
  
(Humberto Gessinger) 

Introdução: A

            A
Às vezes parece que eu não tenho medo
            G
Às vezes parece que eu não tenho dúvidas
            D
Às vezes parece que eu não tenho...
      E                  A
...Nenhuma razão pra chorar
Você esquece que eu não sou de ferro
       G
(Até o ferro pode enferrujar)
        D
Você esquece que eu não sou de aço
   E                 A  F#m
E faço questão de provar
          B   D                A       G D A
Olhe pra mim...enquanto eu me quebro
         A
Às vezes parece que eu tenho muito medo
            G
Às vezes parece que eu só tenho dúvidas
         D
Às vezes parece que eu não tenho...
     E                    A
...Nenhuma chance de escapar
Acontece que eu não nasci ontem
     G
(Até hoje sempre escapei com vida)
          D
Pra quem duvida de tudo que eu faço
   E                    A  F#m
Eu faço questão de mostrar
          B   D                   A         G D A
Olhe pra mim... enquanto... desapareço no ar
      F#m                   D
 Não queira estar no meu lugar
      F#m                      G
 Não queira estar em lugar nenhum
   F#m         E
Às vezes tudo muda
       D
E continua tudo no mesmo lugar
      F#m                   D
 Não queira estar no meu lugar
      F#m                      D
 Não queira estar em lugar nenhum
 Um lugar comum
   F#m               E
Às vezes uma prece ajuda
   D
Às vezes nem adianta rezar
E                F#m
Já desisti de ser uma pessoa só
E                F#m
Já desisti de ser uma multidão
E                  F#m
já não ponho todas as fichas na mesa
  G                      F#m  E
Agora... jogo algumas no chão
                 (A G D E)
Jogo algumas no chão
         E              D
Às vezes tudo, às vezes nada
                  E D            E
Às vezes tudo ou nada, às vezes 50%
                                  D
Às vezes a todo momento, às vezes nunca
             A           E
Como tudo na vida não é sempre
Às vezes de bem com a vida
            D
Às vezes de mau humor
         A
Às vezes sem saída
                   E
Às vezes seja onde for
                    D
Não é sempre, não é sempre
             A               E
Como tudo na vida... nunca é sempre